Conceito

Entre Margens é um projecto de intervenção artística nos centros históricos de cidades da Região do Douro. Durante 3 Verões sucessivos (2011/13), estão programadas dezenas de exposições de fotografia no espaço público complementados por espectáculos de artes performativas(cine-concertos, música, teatro, dança e multidisciplinares) e debates/colóquios.

Tem como objectivo principal a promoção de novas leituras sobre a criação artística contemporânea e a dinamização e utilização do espaço público a partir dos conceitos inscritos na Agenda XXI: desenvolvimento local sustentável, cooperação cultural e preservação ambiental.

Entre Margens desafia fotógrafos e artistas à produção de novas leituras sobre a região.
Através dos seus olhares, simultaneamente autorais e contemporâneos, é proposta a descoberta de um universo marcado pelo rio, pelo vinho, pela paisagem e, essencialmente, pelas suas gentes.

Entre Margens tem como promotor a Fundação Museu do Douro, autoria e coordenação da Procur.arte Associação Cultural, tem como parceiros oito municípios da região duriense (Amarante, Lamego, Mirandela, Peso da Régua, Porto, Santa Marta de Penaguião, Vila Nova de Gaia e Vila Real), e é um projecto apoiado no âmbito do QREN ON.2 - Grandes Eventos Culturais.

Em Maio de 2012, o projecto foi também apresentado na Fête de L’Europe em Bordéus, e em Março/Abril de 2013 esteve patente no Largo de S. Carlos em Lisboa.